Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/10/17 às 8h40 - Atualizado em 11/12/17 às 17h59

Drenagem pluvial e pavimentação chegam ao Setor Habitacional Buritizinho

COMPARTILHAR

Os quase seis mil moradores do Setor Habitacional Buritizinho, em Sobradinho II, comemoram a urbanização da região, local que recebeu a visita do governador Rollemberg. nessa quarta-feira (30/08). As benfeitorias incluem: a construção de dois conjuntos de duas lagoas de qualidade e de detenção das águas de drenagem, 8 km de redes para captação de águas das chuvas, 51,5 km de calçadas, 22 km de meios-fios e 11 km de ruas, que serão pavimentadas – em asfalto e bloquetes intertravados.

 

O investimento em urbanização das regiões mais carentes do Distrito Federal é uma prioridade do Governo de Brasília, que tem se empenhado para garantir maior dignidade e qualidade de vida aos moradores do DF. O Governador Rollemberg afirma: “As obras de drenagem e pavimentação garantem que os serviços urbanos básicos, como: coleta de lixo, transporte público, policiamento, além do tráfego de ambulâncias e do transporte escolar, cheguem a todos. Além disso, as benfeitorias afetam diretamente a saúde dos cidadãos, diminuindo problemas respiratórios e alergias – na época da seca – e doenças como leptospirose e dengue, no período chuvoso”.

 

As obras, que tiveram início em janeiro de 2016, foram realizadas numa área de 90 hectares – o equivalente a 28 campos de futebol – e a previsão é de que sejam concluídas em dezembro deste ano. Do total dos serviços, já foram executados 89,6% de drenagem pluvial e 46,4% de pavimentação.

 

Roberval Biano, 55 anos, morador de Buritizinho desde o início da vila, em 2010, festeja: “Antes isso aqui era uma tortura, poeira demais na época da seca, e muita lama na estação chuvosa. Agora está ótimo, pois temos até mesmo calçadas com acessibilidade totalmente sinalizadas. Podemos dizer que estamos morando no céu”.

 

O Setor Buritizinho está dividido em cinco quadras residenciais: de 1 a 5, mas para fins de execução das obras, a área foi fracionada em sete lotes. O lote 1 compreende a Quadra 1 e os Conjuntos E, F, G, H e I, da Quadra 2. O lote 2 engloba os conjuntos A, B, C, D e J, da Quadra 2, e os Conjuntos A, B, D, F, H, J, L e N, da Quadra 3, além da Praça Murici. O lote 3 inclui os Conjuntos A, C, E, G, I, K e M, da Quadra 3, as Praças Buritis e Ipê, e os Conjuntos A, B, D, F, H, J e L, da Quadra 4. O lote 4 abrange os Conjuntos A, C, E, G, I, K e M, da Quadra 4, e os Conjuntos A e EC, da Quadra 5. Os lotes 5, 6 e 7 estão localizados na região do Parque Ecológico Canela de Ema.

 

As obras de infraestrutura foram orçadas, inicialmente, em R$ 37 milhões, mas durante a licitação, sofreram uma redução de 29%, resultando assim numa economia de mais de R$ 10 milhões para os cofres públicos. Os recursos são provenientes da Caixa Econômica Federal – por meio do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (intitulado “Pavimentação e Qualificação de Vias”) – com contrapartida do GDF. Foram gerados cerca de 150 empregos diretos e outros 300 indiretos.

 

Nos lotes 02 e 03, as obras de drenagem pluvial, pavimentação e instalação de passeios estão 100% concluídas. No lote 01, 98% da drenagem está concluída, 50% da pavimentação e 50% da instalação de passeios, que incluem as calçadas e os meios-fios. No lote 04, foi realizada 100% da drenagem, 75% da pavimentação e 60% da instalação de passeios.

 

A merendeira Ivaneide Vieira Damaceno, 38 anos, conta que todos estão muito felizes com a chegada das obras, que levaram qualidade de vida à população local. “A gente sofreu muito. A casa não parava limpa e as nossas crianças adoeciam direto. Hoje, elas podem brincar na rua tranquilamente. Ficou tudo lindo, parece até um condomínio de luxo. Estou muito orgulhosa do lugar onde moro”, declarou.

 

Neste momento, as obras estão concentradas nos lotes 5, 6 e 7, onde estão sendo construídas lagoas de qualidade e de detenção das águas de drenagem. No lote 05, estão sendo executadas as Bacias 1A e 1B, e a drenagem está 77% concluída. No lote 06, está sendo realizada a Bacia 2A, com 72% da drenagem concluída. No lote 7, está sendo construída a Bacia 2B e 80% da drenagem já foi concluída.

 

A Prefeita de Buritizinho Simone Magalhães, que é moradora da Quadra 4, assegura que as obras mudaram a história da região e que hoje as pessoas vivem com mais qualidade de vida. “Podemos dizer que moramos em um condomínio aberto. O fim da poeira e da lama, em épocas de chuvas, reduziu muito os problemas de saúde das crianças e dos idosos que sofriam muito com crises respiratórias”, comemora.

 

CRÉDITO DAS IMAGENS: F. GUALBERTO.