Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/05/18 às 9h59 - Atualizado em 15/05/18 às 9h59

Drenagem pluvial, pavimentação e calçadas chegam ao Setor Habitacional Buritizinho, em Sobradinho II

COMPARTILHAR

Os quase seis mil moradores do Setor Habitacional Buritizinho, em Sobradinho II, já podem comemorar a urbanização da região. As obras, que tiveram início em janeiro de 2016 e foram realizadas em uma área de 90 hectares – o equivalente a 28 campos de futebol – estão concluídas e foram entregues oficialmente no último dia 13 em um evento que contou com diversas atrações.

As benfeitorias na região incluem a construção de quatro lagoas de qualidade e de detenção das águas de drenagem, oito quilômetros de redes para captação de águas da chuva, 51,5 km de calçadas, 22 km de meios-fios e 11 km de vias asfaltadas.

 

As obras de infraestrutura foram orçadas inicialmente em R$ 37 milhões, mas, durante a licitação, sofreram uma redução de 29%, resultando em uma economia de mais de R$ 10 milhões para os cofres públicos totalizando R$ 26.342.500,50. Os recursos são provenientes da Caixa Econômica Federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento 2, intitulado “Pavimentação e Qualificação de Vias”, com contrapartida do GDF. Foram gerados cerca de 150 empregos diretos e outros 300 indiretos.

Além das obras, outros órgãos do Governo de Brasília contribuíram para entrega do Setor Habitacional Buritizinho com a execução de serviços como limpeza, poda, sinalização de trânsito, revitalização de praças, entre outros. São eles: Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), Secretaria das Cidades, Departamento de Trânsito (Detran), Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e a Administração de Sobradinho II.

ENTENDA A OBRA – O Setor Buritizinho está dividido em cinco quadras residenciais de 1 a 5, mas para fins de execução das obras, a área foi fracionada em sete lotes:

• Lote 1 compreende a Quadra 1 e os Conjuntos E, F, G, H e I, da Quadra 2.

• Lote 2 engloba os conjuntos A, B, C, D e J, da Quadra 2, e os Conjuntos A, B, D, F, H, J, L e N, da Quadra 3, além da Praça Murici.

• Lote 3 inclui os Conjuntos A, C, E, G, I, K e M, da Quadra 3, as Praças Buritis e Ipê, e os Conjuntos A, B, D, F, H, J e L, da Quadra 4.

• Lote 4 abrange os Conjuntos A, C, E, G, I, K e M, da Quadra 4, e os Conjuntos A e EC, da Quadra 5.

 

Os lotes 5, 6 e 7 ficam na região do Parque Ecológico Canela de Ema, onde foram executadas as bacias de contenção.

PRIORIDADE – O investimento na urbanização de uma das regiões mais carentes do Distrito Federal é uma prioridade do Governo de Brasília, que tem se empenhado para garantir maior dignidade e qualidade de vida aos moradores do DF. As obras de drenagem e pavimentação garantem que os serviços urbanos básicos, como: coleta de lixo, transporte público, policiamento, além do tráfego de ambulâncias e do transporte escolar, cheguem a todos. Além disso, as benfeitorias afetam diretamente a saúde dos cidadãos, diminuindo problemas respiratórios e alergias – na época da seca – e doenças como leptospirose e dengue, no período chuvoso.

EVENTO DE INAUGURAÇÃO – Pipoca, algodão-doce e ping-pong para as crianças e o show do cantor regional Alex Júnior e Banda foram apenas algumas das atrações que animaram a manhã do Dia das Mães dos habitantes de Buritizinho. Além da inauguração das obras de infraestrutura, diversas ações sociais, serviços e atividades foram oferecidos à população local no dia do evento. Confira:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Atendimento especial dedicado às mulheres realizado pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh);

• Atendimento para produção de identidade realizado pela Polícia Civil do Distrito Federal;

• Campanha Educativa de Trânsito realizada pelo Detran;

• Campanha Maio Amarelo realizada pelo DER;

• Atividades para crianças na Transitolândia;

• Atendimento Pró-Vítima, da Secretaria de Justiça do Distrito Federal;

• Evento Bombeiro nas Quadras;

• Aferição de pressão e glicemia;

• Cortes de cabelo;

• Distribuição de pipoca, algodão-doce, cachorro quente e suco.